Anuncie com Anonymous Ads

Em Um Contexto Histórico, A Possessão De Corpos, Já Foi Considerada, Até Mesmo A Causa De Loucura


O Indivíduo, Não Tem Controle, Sobre A Entidade Que O Possui, Quando Está Em Estado De Transe

possessão de corpos, não é um diagnóstico psiquiátrico ou médico, válido, ou sequer reconhecido, por todos os organismos públicos ligado a saúde no Brasil
Este assunto é descrito como, estados de transe e de possessão:
Transtornos caracterizados por evasão da personalidade.
Possessão de corpos, de acordo com todas as crenças em volta do globo terrestre, é o controle do corpo, por uma entidade, muitas vezes, já conhecida.
indivíduo, que sofre de possessão do corpo, normalmente, apresenta saúde debilitada, distúrbios psicológicos e até de personalidades.
Outras descrições incluem, mudanças drásticas na entonação vocal, estrutura facial e falta de controle.
Existe também, o reconhecimento da queda de temperatura ambiente, no momento de uma possessão.
indivíduo, não tem controle sobre a entidade que o possui, e por isso, permanece nesse estado, até que, a entidade seja forçada a deixar o hospedeiro, isso deve acontecer, através da expulsão.

Coisas Como Doenças, Nervosismo E Irritação, Muitas Vezes São 

Atribuídas À Possessão De Corpos, Por Uma Entidade E, As Vezes,

Chamada De Demônio

cristianismo afirma que a possessão de um corpo é feita pelo Diabo, Satanás, ou um de seus demônios. Satanás e seus demônios, na bíblia cristã, são descritos como anjos caídos, expulsos do céu, após o fracasso de uma rebelião.
Bíblia, apresenta vários casos de possessão demoníaca, no Novo Testamento.
Evangelho, relata diversos episódios, em que Jesus Cristo, expulsa o demônio de pessoas possuídas, tendo esse poder sido transmitido aos seus apóstolos, no dia da Ascensão.
Os mais suscetíveis a serem possuídos, são pessoas sem autoestima.
causa da possessão demoníaca em pessoas está associada a situações de malefícios realizados contra estas, como, mau-olhado, por exemplo, inveja ou mágoa.
Aqueles, que acreditam em possessão de corpos, descrevem os sintomas que, são comuns a várias doenças mentais, como histeria, mania, psicose, epilepsia e esquizofrenia ou transtorno dissociativo de identidade.
Em casos de transtorno dissociativo de identidade em que a personalidade é questionada quanto à sua identidade, aproximadamente um terço, dessas possessões, são relatadas, como possessões de demônios,
além disso, há uma monomania, denominada, demonopatia, em que, a pessoa, acredita estar possuído por demônio.
Quando uma pessoa acredita estar possuída, ela chega, até mesmo, a sentir raiva, da própria aparência, de si mesmo, elas sofrem de autoestima, baixa, além de agirem como que, “possuída por um demônio”, a fim de conseguir a atenção do público, em sua volta.

Interpretação Psicanalítica, Tem Um Jeito De Estudo, Bastante Válida, 

Na Perspectiva Da Relação Entre O Conteúdo Religioso E Manifestações 

Fraudulentas


Para os céticos, a possessão, aponta para o envolvimento do ego disfuncional em manifestações deste fenômeno, em vez da influência de qualquer entidade externa.
Sigmund Freud, em sua obra, “Uma Neurose Demoníaca Do Seculo XVII”, faz uma abordagem do assunto sobre o determinado ponto de vista, das fraudes.
Estudos de revisão de trabalhos contemporâneos, juntando religião e condições clínicas, referem-se à ausência de uma pesquisa que, proporcione a melhor articulação entre investigação e análise teórica, assim como, um diálogo mais próximo da psiquiatria.
Hoje em dia considera-se que a maioria dos casos de possessão demoníaca são distúrbios sociológicos, e não patológicos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gritaria No Senado

Certa vez, quando, um homem, passava na porta do Senado, ele, percebeu que, havia uma exagerada gritaria, que saía lá de dentro. Foi quand.....